O que é a Fundação Lions LD-2

A Fundação Lions do Distrito LD-2 é fruto de uma conscientização surgida quatro anos após a sua idéia de criação, isto porque, o CL José Freitas Bello então Governador do Distrito L-7,no AL 86/87, apresentou a proposição de sua criação, que no entanto foi rejeitada pelos delegados presentes à convenção da época.

Diante desta deliberação, o CL Bello fomentou a criação de uma Fundação com a participação dos clubes de Novo Hamburgo, o que foi concretizado.

Eis que no AL 1990/1991, quando Governador o CL Raul Paulo Andiglieri, este Companheiro entendendo então o quanto seria importante para o Distrito a existência de tal entidade, convocou uma convenção extraordinária para o dia 17 de novembro de 1990, na cidade de Feliz, oportunidade em que foi aprovada a sua constituição e seus estatutos, tendo sido eleito seu primeiro presidente o CL Bello.

O CL Raul, ainda no seu ano leonístico, conseguiu do município de Novo Hamburgo junto ao prefeito Dr. Paulo Ritzel, a cedência de um terreno com 4.200 m2. no Bairro Jardim Mauá, para possibilitar a execução dos projetos então em elaboração.

No AL seguinte, sendo Governador o CL Edisson Karnopp, o CL Raul foi guindado á presidência da Fundação, aonde permaneceu também no AL 92/93 quando Governador o CL Cláudio Storck, período em que foi construída uma área de 65 m2. destinada à secretaria e ponto de partida para um Banco de Olhos.

O CL Juan Pio Germano, Governador 93/94, fez voltar a presidência da Fundação o CL Bello, que permaneceu nos anos leonisticos seguintes até 1997/1998.

Neste período, faz-se mister destacar o evento ocorrido em 10 de novembro de 1995, quando da Governadoria do CL Elmo Henrique Prade, qual seja a assinatura do contrato para a construção da sede da Fundação e também do Hospital da Visão, cuja obra foi construída num ano e inaugurada em 26 de outubro de 1996, na Governadoria do CL Edisson Karnopp e com a presença do Presidente Internacional CL Augustin Soliva , assim como de altos dirigentes do Lions e autoridades administrativas do município e governo do Estado e contando ainda com a presença maciça dos integrantes dos Lions Clubes do então Distrito L-7.

Nos anos seguintes, a Fundação contou com a colaboração do CL Heitor Dapper e ex-CL Lauro José Martins, que na presidência da entidade, dedicaram-se a um trabalho meritório e na gestão deste último, foi assinado o contrato de terceirização com a empresa Diaglaser, isto em janeiro de 2001.

No AL 2001/2002, o CL Bello voltou a ocupar a presidência da nossa Fundação, aonde permaneceu até 30 de junho de 2011

É claro que seria demasiado registrar-se todos os detalhes deste jornada heróica, em que os integrantes do Distrito L-7 hoje LD-2, deram uma demonstração de companheirismo, conscientização, participação e trabalho em favor deste projeto, sem dúvida, o maior do sul do Brasil.

É justo porém, que se destaque alguns momentos desta trajetória de suma importância para concretização deste sonho:

17.11.1990 – Convenção Extraordinária do Distrito L-7, aprovando a criação da Fundação e seus estatutos.

14.03.1991 – Assinatura da Escritura de Constituição.

25.09.1991 – Assinatura do Termo de Concessão da área de 4.200 m2.

AL 1991/1992 – Construção de 65 m2. destinados a secretaria e futuro Banco de Olhos.

10.11.1995 – Assinatura do contrato para a construção do Hospital da Visão, com uma área de 876 m2.

20.04.1996 – Assinatura de contrato para a criação do Cartão de Crédito Visa, via Banrisul, o primeiro a ser criado no Brasil, com a participação do Lions.

26.10.1996 – Inauguração do Hospital da Visão, com a presença do Presidente Internacional CL Augustin Soliva e autoridades.

AL 1996/1997 – Recebimento de um subsidio a LCIF no valor de US$ 75,000.00 para equipamentos.

AL 1998/1999 – Auxilio do Governo do Estado de R$ 70.000,00 para equipamentos.

AL 2000/2001 – Inauguração do Hospital de Visão.